sábado, 31 de outubro de 2015

Entrevista com a Rainha das Vindimas de Barcelos 2015

Ana Borges (AB): Foste eleita Rainha das Vindimas de Barcelos 2015. Como começou isto tudo?
Vánia Costa (VC): Primeiro fui convidada para desfilar em Manhente, a minha freguesia. Não estava nada à espera de ser convidada, muito menos de ganhar, porque as concorrentes estiveram muito bem. Por ter ganho, fui chamada à fase seguinte, Barcelos. Aí sim, as concorrentes deixaram-me com certezas de que não iria ganhar... Para enorme surpresa minha, ganhei.

AB: Sei que já desfilaste noutras ocasiões... Conta-nos mais!
VC: Desfilei no Mister & Miss UTAD (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro), por Ciência Alimentar (CA), que foi o meu curso durante um semestre, na faculdade. Passei sempre à fase seguinte, mas decidi mudar de curso para Engenharia Biomédica, depois seguiram-se alguns problemas irrelevantes, mas que foram decisivos para que eu desistisse do concurso.

AB: Não és modelo, mas tens corpo e rosto de uma... Nunca tiveste o sonho de seguir esse caminho, como muitas outras jovens com o teu potencial?
VC: Nunca liguei muito a isso... Esse nunca foi o meu sonho, nem nunca pensei nisso... Eu sou um bocado tímida, então estar nestas situações não faz o meu género... De todas as vezes em que desfilei levei na "desportiva", e tentei sempre ser eu mesma, sem grandes expectativas.

AB: E se o futuro te desse uma chance de seguires este caminho?
VC: Ia ser muito estranho para mim, sinceramente, só saberia no momento. Agora não consigo pensar no futuro. Já tenho muito para assimilar, ainda não estou em mim. (risos)

AB: Ficas muito nervosa antes dos desfiles, apesar de levares tudo na "desportiva", como disseste?
VC: Normalmente não fico muito nervosa... Claro que tenho aquelas borboletas na barriga quando os preparativos começam... No momento em que me começam a maquilhar e a pentear, aquela faísca acende, e o nervosismo aparece. Em Barcelos, foi quando fiquei mais nervosa, sem dúvida. (risos)

AB: E estás a gostar desta experiência?
VC: É uma experiência diferente de todas as outras, obviamente. Foi algo mais "real". Como eu já disse, sou tímida, e não gosto muito de ter os olhares todos em mim, ainda é um bocado desconfortável saber que tanta gente me viu desfilar, e soube que eu existia (risos)... E até os comentários e publicações no Facebook... No entanto é uma sensação boa saber que cheguei até aqui.

AB: Por falar em Facebook: já alguém se dirigiu a ti como uma pessoa conhecida? A tua vida está a mudar?
VC: Nos primeiros dias, depois de ter sido coroada Rainha das Vindimas, a atenção virou-se um bocado para mim... O meu Facebook encheu-se de fotos, comentários, publicações, e tive imensas mensagens... No momento em que desci do palco tive pessoas a dar-me os parabéns pela vitória e coisas desse género, mas as coisas estão a começar a estagnar, e estou a voltar ao ritmo de antes.

AB: Já foste entrevistada por rádios, jornais e já apareceste na TVI. É muito estranho veres a tua imagem e ouvires o teu nome nesses meios de comunicação?
VC: Sim, é muito estranho! Nunca tive tanta atenção em mim, tantos olhos em mim, tantas pessoas a querer falar comigo, tanta gente à minha volta, mas sei que é normal, e que é algo que é importante para Barcelos. Tenho a sensação que pareci convencida ao dizer isto tudo, mas não foi essa a intenção. (risos)

AB: Sê sincera: nunca pensaste mesmo chegar até aqui?
VC: Nunca! Como já disse, as concorrentes eram fabulosas, são lindas, e com aquela produção toda ainda estavam mais bonitas! Foi algo muito renhido... Houve amigas minhas e familiares a dizerem que eu ia ganhar, e eu sempre lhes disse que não. Parece que afinal eles tinham razão. (risos)

AB: Daqui a um ano tens a fase nacional, o que pensas fazer até lá?
VC: O mesmo de sempre: estudar, porque tenho muitas frequências até lá (risos), sair com os meus amigos, e continuar a viver a minha vida até essa altura e depois logo se vê, ainda falta muito tempo...

AB: Estás confiante de que vais ser a Rainha das Vindimas de Portugal? É importante para ti vencer este desafio?
VC: Sinceramente, não estou nada confiante! Algumas pessoas dizem que vou ganhar, mas isso é por serem próximos de mim, é normal ter o apoio deles. (risos) Mas cada vez se torna mais difícil, e não tenho dúvidas de que irei enfrentar concorrentes bem bonitas... Claro que gostaria de ganhar, mas já estou contente por ter chegado até esta fase!

AB: Isto é algo recente na tua vida, fala-nos mais da tua vida "real".
VC: Não há muito para dizer, na verdade. Pratico judo há uns anos, adoro sair com os meus amigos, ando na faculdade, em Engenharia Biomédica, na UTAD... Sou uma rapariga alegre, sempre cheia de energia, a não ser em época de frequências (risos), mas não me considero diferente das outras pessoas. Apenas ganhei um desfile, mas continuo a ser a mesma que sempre fui. Vou continuar a fazer as mesmas coisas, a fazer as mesmas brincadeiras, e a comportar-me como sempre me comportei.

Sem comentários:

Enviar um comentário