segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

tenho orgulho em ti!

eu amo-te. sei que se alguém percorrer o meu blog, aquilo que não vai faltar são textos cheios de "eu amo-te", e também sei que vou parecer certas coisas que só sou na cabeça de alguns... eu amei quem disse que amei, mas também segui em frente quando tive de o fazer; e quando o fiz, soube que não podia ter feito melhor escolha. fui pelo caminho correto, e tu juntaste-te a mim para me fazer feliz. nunca me senti tão amada, tão bem, tão segura, como me sinto contigo. para alguns és imaturo, criança... para mim, és um homem, quando tens de o ser, mas que também gosta de aproveitar enquanto pode, assim como eu. também me chamam de imatura, e normalmente, quando o sou, é quando os melhores momentos acontecem. é quando faço alguém rir, é quando me recordo que a vida não precisa ser sempre levada a sério.
nunca me esquecerei de te dizer, há coisa de um ano, que "quem te tiver do seu lado e quem ficar contigo irá ter imensa sorte!"... agora acho "piada" por nós estarmos juntos, apesar de só ter dado certo ao fim de imensas tentativas... o nosso caminho não foi feito de rosas e, infelizmente, ainda agora não o é. eu estou demasiado longe de ti por causa da universidade, mas como eu já disse: tu és um homem, esperas por mim, levas-me e vais buscar-me à central dos autocarros, aproveitas todos os momentos que podes comigo, fazemos web sempre que dá, aturas-me mesmo quando é complicado, apoias-me e fazes-me sorrir, mesmo quando morro de saudades e só quero chorar. não é que eu esteja noutro país, ou do outro lado de Portugal a estudar, mas sou uma pessoa que quando sente algo, sente bem forte, principalmente saudades... e, por isso, queria e quero aproveitar melhor o tempo contigo, e não o consigo fazer. sei que estou na universidade para o meu futuro, que irá ser o nosso, se tudo correr como nós esperamos.
sabes...? nunca pensei conhecer uma pessoa tão doce, tão meiga e, ao mesmo tempo tão inacreditavelmente disparatada como tu. mas é desse jeito que eu te amo. amo-te por me fazeres adormecer quando estou rabugenta e não quero dormir, amo-te por me fazeres mimos, amo-te por todos os textos e declarações que fazes para mim, amo-te por conseguires que eu chore de felicidade, amo-te porque contigo tudo é melhor! não sei o que seria de mim sem ti, e dói só de pensar em te perder... mas como tu dizes, isso é algo que nunca irá acontecer...
lamento pelas vezes em que descarrego as minhas frustrações e dores em ti, sem teres culpa alguma, e agradeço pelas vezes em que não te importas com isso e me fazes esquecer todos os problemas e me fazes sorrir. confesso: ao fim deste tempo todo de namoro ainda não acredito na sorte que tenho em ter-te só para mim! és bom demais para seres meu... mas és. e é impressionante como já lês os meus pensamentos e eu os teus, é impressionante como completamos as frases um do outro, é impressionante eu dar-me tão bem com a tua família, e tu tão bem com a minha, é impressionante que tu consegues surpreender-me pela positiva todos os dias.
conheces-me tão bem, e conheço-te a ti... e cada dia que passa, tenho ainda mais orgulho da pessoa que és, e fico extremamente grata por ter uma pessoa como tu na minha vida, ainda por cima, como meu namorado, meu homem! quero tudo menos magoar-te, fazer-te sofrer. sei que, por vezes, exagero nas minhas atitudes, e nas minhas palavras, assim como tu, mas pouco depois disso, vem um momento mágico: aquele em que nenhum de nós consegue ficar amuado ou chateado com o outro, e fazemos as pazes. não me lembro de ter ido dormir chateada contigo desde que namoramos... ou tu comigo. acho que é por falarmos tanto que nos encaixamos tão bem! cada um de nós sabe bem aquilo que o outro é, e aceita-o, sem o querer mudar.
és o motivo do meu sorriso, do meu olhar brilhante, da minha escrita (a maior parte das vezes), dos meus pensamentos e sonhos, do meu orgulho! aconteça o que acontecer, sei que és uma ótima pessoa, e sei que vais conseguir tudo o que algum dia sonhaste para o futuro. se o karma realmente existir, ele encarregar-se-à de te fazer feliz... se ele não existir, existo eu, que quero ser um dos motivos dessa alegria.
sei que não tenho nenhum motivo aparente para escrever, porque não é nenhuma data especial, mas tu mereces, mais do que ninguém neste mundo, algo da minha parte que mostre o quão agradecida eu estou, e o quanto te amo. tu és meu e eu sou tua há 6 meses (o que não é assim tanto para alguns, mas para nós já é algo muito bom!), e espero que continue assim durante muitos e muitos anos... e acredito que o seja, do fundo do meu coração...
porque eu amo-te, porque tu me amas e, haja o que houver, iremos sempre passar por cima dos obstáculos. porque estando longe ou perto, estás dentro do meu coração e eu do teu. porque eu sinto o teu perfume quando não estás, ouço o teu riso e a tua voz nos meus sonhos, e vejo-te em tudo quanto é parte quando já não aguento de saudades!
por isso, nunca te esqueças: tenho um orgulho infinito por seres como és, não quero nunca que mudes, apenas que evoluas e fiques uma pessoa ainda mais doce, afável, amável, bondosa, amorosa... e nunca te esqueças que, se depender de mim, isto é até para lá da morte. amo-te meu bem!                                                           *15-07-2014*



Sem comentários:

Enviar um comentário